Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Margarida Diogo Barbosa

Um blogue que aborda os recursos humanos numa perspectiva de todo.

09
Nov20

Conhecer o Mercado de Trabalho

Um dos maiores desafios que um profissional enfrenta na sua pesquisa de emprego é sem dúvida conhecer de forma estratégica o mercado de trabalho onde pretende criar oportunidades profissionais. Nas minhas sessões de carreira esta é a actividade em que os profissionais mais demonstram resistência na assimilação e até de compromisso com o processo, independentemente da sua nacionalidade ou nível de experiência.

A experiência diz-me que a maior dificuldade reside no facto de ao conhecimento do mercado de trabalho estar subjacente a necessidade de se aprofundar conhecimento suficiente para se identificar principais sectores de actividade e segmentar estrategicamente o mercado, bem como ser capaz de desenvolver hábitos sistematizados de pesquisa de organizações e potenciais contactos profissionais, quer na principal rede social, o LinkedIn, como também através dos motores de busca.

Estruturar e preparar uma base de contactos e organizações que permita aprofundar o conhecimento que se tem do mercado de trabalho não é um processo demasiado complexo, mas vai requerer tempo, compromisso e muita perseverança até que os primeiros resultados do esforço desenvolvido apareçam, em especial em contextos de pouco dinamismo na criação de oportunidades como é o caso do mercado português. Leia mais sobre as dinâmicas do mercado de trabalho de Portugal.

Apesar de ser um processo de endurance, a verdade é que este é fundamental para o desenvolvimento de uma estratégia duradoura de abordagem ao mercado, já que permite ao profissional manter a sua pesquisa de emprego organizada e sistematizada, assim como lhe dá uma visão ampla das acções que levou a cabo na procura de oportunidades de trabalho.

Como criar a base de contactos?

As dicas que deixo neste artigo são um ponto de partida para que possa começar a estruturar a sua base de contactos e posterior abordagem ao mercado de trabalho português. Pode levar à letra ou simplesmente adaptar.

Em primeiro lugar, deve começar por escolher que ferramenta quer usar como registo de todas as acções e recolha de informação. Usualmente, recomendo que o profissional crie uma folha de Excel para o efeito, contudo não existe uma fórmula mágica, pois cada profissional desenvolve o seu próprio método de trabalho.

Partindo do pressuposto que escolhe o Excel como ferramenta de registo, a primeira acção é identificar 3 segmentos do mercado de trabalho português onde o seu perfil profissional possa ser uma mais-valia. Posteriormente, em cada segmento deve identificar 2 organizações alvo e em cada uma 2 contactos que devem ser preferencialmente a pessoa responsável pelo recrutamento e alguém que esteja na sua linha de actuação, ou seja se a sua função é a de Programador então um Director de TI ou de Projecto pode ser um potencial contacto.

A esta fórmula de criação da base de contactos eu costumo chamar de método 3X6X12 porque o seu ponto de partida para estruturar a sua pesquisa de emprego serão 3 segmentos, com 6 organizações e 12 potenciais contactos.

O que fazer com estes contactos?

Com estes primeiros contactos, e é o método que recomendo para permanecer organizado nesta estratégia de pesquisa de oportunidades, deve em primeiro lugar verificar no website da empresa e nos principais websites de emprego se existem processos selectivos em aberto. De seguida deve procurar pelos dois contactos identificados na sua pesquisa e adicioná-los à sua rede de LinkedIn. Com estes dois passos está a validar se existem ofertas a que possa concorrer e a potenciar em simultâneo a sua rede de networking, fundamental para o processo de candidatura espontânea.

Desenvolver uma estratégia de pesquisa de emprego é uma maratona, não uma corrida de velocidade. Estabeleça pequenos objectivos semanais e construa pacientemente a sua rede de contactos e potenciais empregadores. Valide sempre se o que está a construir está a produzir resultados. Ajuste e modifique o for necessário. Seja paciente e perseverante!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sobre mim

foto do autor

Biografia

Este blogue é o resultado do meu percurso enquanto especialista em recursos humanos.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D